Os Donos da América.

quinta-feira, 23 de junho de 2011


E a Copa Libertadores chegou ao fim, consagrando o Santos como o grande campeão depois de 48 (!) anos.
Numa reedição da final de 1962 contra o Peñarol, a equipe da Vila conquistou o tão sonhado título após o  empate em 0 a 0 no Uruguai e uma vitória incontestável por 2 a 1 ontem no Pacaembu.
Com essa vitória, o Santos consagra cada vez mais seus jogadores como Neymar e Ganso. E, mais que isso, acaba com aquela história de que Muricy Ramalho não é técnico para competições de mata-mata.
Depois das trágicas eliminações, o Santos foi o único time brasileiro a prosseguir na competição. E tinha o peso de correr atrás de um título esperado desde a era de Pelé. Mais de uma geração de torcedores aguardava ansiosamente pelo grito de campeão.
E a final não podia ter sido melhor, contra um dos times mais tradicionais da América do Sul,o Peñarol. Apesar de tecnicamente inferior, o time Carbonero chegou até a final eliminando times como Internacional (o último campeão) e Velez. Jogando mais com a camisa (e que camisa linda hein?) e o coração do que com talento, a equipe aurinegra não iria vender fácil essa taça.
Mas isso não foi suficiente para parar os meninos da Vila. Depois do jogo mais duro no Uruguai, o Santos dominou a partida no Pacaembu, não dando chance ao adversário. Voltando de contusão, Ganso não jogou a partida inteira mas o tempo que ficou em campo foi o suficiente pra mostrar porque é uma das esperanças da seleção. E Neymar fez um dos gols da partida, jogando o futebol que encanta a todos.
Agora é esperar o Mundial no fim do ano. Resta saber como vai estar o time do Santos até lá. Será que os protagonistas do título ainda estarão no elenco? De qualquer forma, muitos já sonham com o confronto com o bicho-papão Barcelona. Pois que venham os espanhóis! A América já está na Vila, agora só falta o Mundo... 


3 comentários:

  1. Rafael disse...:

    Finalmente uma geração conseguiu algo que só a de Pelé havia conseguido. E o resultado final da partida foi 2 x 1, e não 2 x 0, como dito no post.

  1. Melina Portugal disse...:

    Devidamente corrigido Rafael, obrigada!

  1. Rafael disse...:

    Por nada!

Postar um comentário